Formação continuada e sujeitos-professores: discursos e identidades.

Letramento e alfabetização e o cotidiano: vozes dispersas, caminhos alternativos

Redação na escola: o que os professores dizem e silenciam sobre essa prática.

As interfaces entre a teoria e a prática inclusiva, nas adequações curriculares.

A narrativa de ficção como possibilidade de elaboração de angústias em crianças.

As relações de saber e poder ancoradas pelo discurso hegemônico no grafismo sensual.

Direitos Humanos: uma reflexão à luz da análise de discurso sobre a competência 5 de intervenção social nas redações do enem.

Subjetividade do conceito de criança a partir da re/leitura do conto de Perrault "O chapeuzinho vermelho".

Resenha: Uma leitura pelos (des)caminhos da educação

Professoras-mulheres: entre tramas e (des) teceres de uma narrativa feminina.

A discursivização da profissão professor na rede social facebook: possíveis atravessamentos discursivos

Histórias, memórias e sentidos da leitura para sujeitos-professores: formação inicial e suas reverberações nas práticas pedagógicas.

A discursivização do feminino e suas relações com a docência: memória e atravessamentos discursivos.

Indícios do "tempo para ver" em narrativas de ficção infantis.

Altas habilidades/superdotação (AH/SD): E a importância do núcleo de acessibilidade na educação superior.

Práticas de reescrita: possibilidades de instauração da autoria.

Apoio:
  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • White Google+ Icon
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

  2017  GEPALLE - Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Alfabetização, Leitura e Letramento

Avenida Bandeirantes, 3900 - Vila Monte Alegre, Ribeirão Preto, SP 14040901 T.: (16) 3315-3845 e

(16) 99962-1981